24.5.17

 Meu amor, que delícia a nossa história! Relendo nossas memórias escritas a dois no Messenger. No mesmo dia também reli meu mapa astral. Aí tudo se encaixa. Eu com minha excessiva postura defensiva... Eu te culpando pelos meus problemas. Eu duvidando do seu amor. E você foi a pessoa mais linda que eu conheci. Tão linda que eu não consigo acreditar. Parece irreal. Minha paranoia insiste em questionar como se tudo fosse para me conquistar. Não foi. Você estava sensivelmente envolvido. Relembrar esse amor me encheu de alegria e vontade de recomeçar e exprimir as qualidades que você via. Você foi a pessoa que mais me entendeu no mundo todo. Inclusive as características que você apontava estão no meu mapa. Está tudo tão vivo na memória... Nossos oito primeiros encontros. Você ali ao lado tentando ajudar de todas as formas. É assim que quero lembrar de você. E sei que você também tem a memória de como se identificou comigo. Não quero estragar essa memória viva. Por hoje é tudo.

Nenhum comentário: